Minhas degustações no Comida di Buteco 2017

Não deixem de prestigiar o evento Comida di Buteco, que acontece até o dia 7 de maio em 25 botecos em Recife, Jaboatão dos Guararapes e Olinda. No Brasil, são mais de 500 concorrentes em 20 cidades para eleger o melhor Buteco do Brasil. E sabe o melhor? Os petiscos do Comida di Buteco terão o preço máximo de R$ 25,90, como uma forma de desafiar os butecos a serem criativos e acessíveis, não perdendo uma de suas características mais importantes: serem democráticos.

Este ano a temática para criação dos petiscos para o Comida di Buteco foram os Cereais. A adoção de um tema visa estimular a pesquisa da cultura gastronômica por parte dos butecos, e a criatividade e pluralidade no uso de recursos e ingredientes e histórias. A escolha deste tema se deu porque o cereal está na base da cadeia alimentar do brasileiro. Sem falar que os cereais apresentam uma grande diversidade que facilitam a criação de receitas. Entre eles, podemos citar: arroz, aveia, cevada, linhaça, milho, quinoa e trigo

Olha a minha cara de felicidade com esse drinque Teacher’s Fresh Fusion

Eu fui convidada a participar da abertura do Comida di Buteco para imprensa e degustei alguns pratos. Logo quando cheguei, para a minha felicidade, dei de cara com um balcão preparando drinques especiais com Teacher’s. Podiamos escolher entre três drinques: Teacher’s Tropical Summer, Teacher’s Fresh Fusion e Teacher’s Soul Spice. Eu provei os dois últimos e estavam maravilhosos. Adoro provar novas experiências em drinques diferenciados. Depois, em outra postagem, eu vou dar os ingredientes e o modo de fazer para vocês, viu?

E quem tava por lá foi a gerente Sênior de Marketing do Whisky Teacher’s para Brasil, Uruguai e Paraguai, Sylvia Sarubbi Costa. Aproveitei para conversar com ela sobre a presença da marca mais uma vez no evento. Ela comentou que a Teacher’s irá presentear os clientes que forem aos botecos do concurso com um copo personalizado, na compra de duas doses do autêntico escocês. E falou que a ideia é que o consumidor possa passear por todas as experiências da degustação, apreciando um legítimo escocês e as deliciosas comidas regionais. Também explicou que Teacher’s acredita que os bares e botecos são importantes canais de contato com o consumidor, por isso investe tanto na valorização e profissionalização destes empreendimentos. Eu massa iniciativas como esta. Tem mesmo que investir nessa galera dos botecos. Eles merecem.

Mas agora vamos falar dos petisos que provei. O primeiro foi A língua de seu Biu (R$ 24,90). Trata-se de língua bovina marinada na cerveja, servida com torradas de alho. Segundo uma das proprietárias da casa, Olinda, o prato foi escolhido por ser o petisco favorito do seu pai e de sua mãe. Na sua infância os pais faziam este prato como petisco nas noites em casa e era vetado às crianças comerem, por ser um tira-gosto para os adultos. Junto com amendoim e cerveja, fazem parte da memória de infância dela e é uma homenagem aos pais. Por sinal, seu Biu tava por lá e é super gente fina! E diz que seu nome não é Biu, é Bill, pra se diferenciar dos outros Severinos. Mas o bar que leva seu nome é Biu mesmo. Ele Perguntou se eu tinha gostado do prato. Gostei sim. Eu não como língua, ou pelo menos não comia desde pequena. Mas não ia fazer essa desfeita, arrisquei provar e gostei muito. Quebrei meu tabu sobre a iguaria. Estava bem macia, parecendo uma carne guisada.

Eraldo Pirão representando o Zé Perninha com seu munguzá salgado. Simplesmente delicioso!

Na sequência, experimentei o Munguzá do Perninha (R$ 25,00), da Confraria do Zé Perninha, que já foi campeão das duas edições passadas do Comida di Buteco no Recife. O bar do Zé Perninha possui um cardápio bem regional e é administrado pelo Zé Perninha e seu filho Eraldo, mais conhecido como Eraldo Pirão. Trata-se de um munguzá salgado. Pra mim foi uma deliciosa experiência e já digo logo que vou fazer um e postar aqui pra vocês depois. Segundo Eraldo Pirão, o petisco foi escolhido por ser o munguzá um prato salgado e muito consumido no sertão. Na região metropolitana pouca gente conhece ele nesta versão e a ideia é justamente chamar a atenção e gerar curiosidade nos clientes.

O terceiro prato ficou por conta de um grande conhecido meu e que admiro bastante e digo que sou fã, foi o Empório Baiano, que fica aqui na esquina de casa. Marcelo Pancada, dono do bar, apresentou seu Baiãozinho Rendado (R$ 25,90). É um Baiãozinho de dois servido em uma cesta de queijo parmesão, que foi escolhido por ser uma releitura do baião de dois, que ganhou oito novos ingredientes. Por isso o nome é baião de dez. E posso dizer, é dez mesmo!

O quarto prato, o mais inusitado na apresentação, foi o tira gosto Construindo a roda do prefeito (R$ 19,90), do Gordinha’s Bar (na foto do destaque), apresentado pela Carolina. É um croquete de bode, servido com licor de cana de açúcar e gengibre em cima de um tijolo vermelho. Eu amei! O petisco é uma homenagem a cidade de Salgueiro, no Sertão de Pernambuco, e à uma obra inacabada do prefeito da cidade. A escolha do bode se deu por ser um insumo muito utilizado naquela cidade. O Gordinha’s é um típico boteco de mercado, localizado no Mercado da Boa Vista existe desde 2009. Vai lá conhecer, não se arrependerá.

Roberta e Eduardo Gouveia apresentam orgulhosos o seu Casquinho de Caranguejo com massa comestível, da Pettisqueria Gouveia.

E, por último, foi degustado o Casquinho de Caranguejo (R$ 9,90), da Pettisqueria Gouveia. Apresentado por Roberta e Eduardo Gouveia, o Casquinho de Caranguejo é servido em massa comestível, acompanhado de farofa de milho. Muito gostoso. Para quem não conhece, a Pettisqueria Gouveia veio para suprir um pouco do vazio deixado pela Chopperia Gouveia, restaurante que funcionou durante trinta anos na orla de Olinda. E foi escolhido por ser um clássico da Pettisqueria, muito apreciado pela clientela. Para essa edição do Comida di Buteco, ele ganhou uma releitura, com massa comestível e acompanhado de farofa de milho.

Ao fim da noite, fiquei muito satisfeita em ter conhecido as histórias e peculiaridades dos petiscos e das casas. Vale a pena fazer um tour pelos botecos. Experimentem e votem!

E antes que eu esqueça, o evento conta com o patrocínio de Getnet, mastercard, Trident e McCain. Tem apresentação da Teacher´s e a cerveja official é a Amstel. Conta com apoio de Smartfit, Tabasco, Hellmann´s, Chandon, Odhen Teknisa, Metro, Abrasel, Diário de Pernambuco, Nacional Inn e promoção da Globo e Perdigão
Serviço dos pratos degustados:
A Venda de Seu Biu
Endereço: Rua São Bento, 239 – Varadouro – Olinda
Telefone: (81) 992-834-181
Funcionamento: Terça a quarta: 16h às 22h – Quinta a sábado: 16h à 00h – Domingo: 12h à 22h

Confraria do Zé Perninha
Endereço: Rua Delmiro Monteiro da Purificação, 1415 – Jardim Atlântico – Olinda
Telefone: (81) 3432-9561, (81) 98472-7387
Funcionamento: Terça a quinta: 09h às 20h
Sexta: 09h às 23h
Sábado e domingo: 09h às 20h

Empório Baiano
Endereço: Rua Manoel de Carvalho, 471 – Aflitos – Recife
Telefone: (81) 3040-6939
Funcionamento: Terça e quarta: 18h às 23h
Quinta e sexta: 12h às 23h
Sábado: 11h às 23h
Domingo: 11h às 17h

Gordinha’s Bar
Endereço: Rua da Santa Cruz, Box 38 – Mercado Boa Vista – Recife
Telefone: (81) 98603-8501
Funcionamento: Terça a domingo: 11h às 19h

Pettisqueria Gouveia
Endereço: Rua Francisco Ambrósio de Barros Leite, 382 – Bairro Novo – Olinda
Telefone: (81) 99930-0530
Funcionamento: Terça a sexta: 17h30 à 00h
Sábado: 12h à 00h
Domingo: 12h às 17h

Deixe uma resposta