Paço Real lança “Um pedaço do mundo em cada receita”

À primeira vista, me pareceu meio estranho ser convidada para degustação de um festival gastronômico de um restaurante dentro do Real Hospital Português. Mas, ao entender a história da casa e saber que existem três unidades, logo o estranhamento passou. Principalmente ao saborear cada pedacinho dos pratos elaborados pelo chef Cristiano Seabra. 

A verdade é que o restaurante Paço Real possui unidades no Paço Alfândega, Hospital Português e empresarial Thomas Edson, na Ilha do Leite, e lançou este mês a terceira edição de seu já conhecido festival, que traz sabores da gastronomia nacional e internacional. Com o tema “Um pedaço do mundo em cada receita”, o evento gastronômico acontece de segunda a sexta, no horário do almoço, até o dia 16 de junho.

As casas trabalham no sistema self-service, e durante cinco semanas os clientes degustam pratos clássicos dos EUA, Japão, México, Itália, França e, claro, Brasil. Cada semana é todinha dedicada a um país específico.

Na ocasião, tive a oportunidade de degustar cinco pratos. Na entrada, o delicioso Clam chowder (EUA), um caldo de mariscos e batatas em um fundo de cebola e bacon enriquecidos com creme de leite fresco. Simplesmente magnífico. Sinto o sabor até hoje.

Atum marinado – Foto: sol Pulquério

Em seguida, fomos agraciados com o Atum marinado (Japão), com laminas de atum marinadas no saquê e molho shoyo seladas na chapa em crosta de gergelim branco e preto. Delicioso, macio e bastante perfumado.

risoto de ossobuco – Foto: Sol Pulquério

O terceiro prato contou com um prato italiano, o Risoto de ossobuco, que nada mais é do que o ossobuco cozinhado por 12 horas em baixa temperatura misturado com arroz arbóreo cozinhado no caldo do próprio ossobuco. Este foi um dos pontos altos da noite, onde cada garfada foi delicadamente saboreada.

Tilápia mexicana – foto: Sol Pulquério

O quarto prato foi uma Tilápia mexicana (México), com uma tilápia grelhada com molho chipotle (com a pimenta ajustada para o gosto brasileiro) com finos cubos de tomate manga e abacate puxados na manteiga. Logo eu que aprecio bastante comidinhas picantes, simplesmente amei. E olha que nem curto tanto assim pratos com peixes (amo os crus). A combinação da manga com o abacate foi bastante inusitada. Uma garfada única, com um pedaço do peixe, do molho, da manga e do abacate, foi uma explosão de sabores!

Por fim, fomos servidos com o Filet Rossini com ratatouille (foto no alto, no destaque), um típico prato francês, com medalhão de filé grelhado ao molho escuro de carne com fatia de foie gras grelhado. Confesso que sou meio cismada com o tal do foie gras, mas tentei esquecer e apenas saborear aquela iguaria. Estava divino.

Eu só digo uma coisa, apesar de ter escrito este texto aqui já bem atrasadinho, sugiro que você, leitor, não deixe de apreciar o festival, pois ele está pra lá de bom, e é uma oportunidade única de se degustar pratos tradicionais ao custo de um self-service, não é mesmo? A semana da França já passou, mas ainda tem Estados Unidos, Itália, Japão e Brasil para saborear.

Confira abaixo a programação e o cardápio a partir de hoje (26/05).
ESTADOS UNIDOS (de 26 a 30/05)
Peixe na manteiga de limão e Hambúrguer de costela com cheedar, 26/05
Camarão empanado com caranguejo e Ensopado de marisco, 29/05
Costela suína barbecue e Batata rústica com cheedar e bacon, 30/05

ITÁLIA (de 31/05 a 06/06)
Risoto de ossobuco, 31/05
Lasanha de pato, 01/06
Tortelete de porco, Polente cremosa e Ragu de linguiça, 02/06
Filet ao parma , 05/06
Polpettone e Arancini, 06/06

JAPÃO (de 07 a 09/06)
Atum marinado, 07/06
Merlusa negra , 08/06
Salmão nitsuky, 09/06

BRASIL (de 12 a 16/06)
Arroz de frutos do mar e Casquinho de caranguejo, 12/06
Pernil de bode e Risoto de charque, 13/06
Peixe ao molho picante com erva doce e Batata mandioquinha, 14/06
Arroz de galinha d’angola e Palmito grelhado, 15/06
Carne de sol de filé mingnon, Paçoca, Farofa de bolão, Jerimum e Feijão verde, 16/06

Deixe uma resposta